Hackers continuam a expor vários dados do Governo…

Hackers continuam a expor vários dados do Governo…

Entre ontem e hoje outros sites foram atacados e vários dados expostos

Ontem noticiámos que o grupo Anonymous Portugal havia atacado os sites do Banco de Portugal, do Novo Banco e do Ministério da Agricultura.

Hoje há a notícia de que esses ataques continuam, sendo que os Hackers estão focados noutros sites do governo como ministérios e juntas de freguesia, tendo já exposto um sem número de dados.

23-08-2014-11-01-44

Ontem divulgamos aqui no Pplware que vários grupos ligados ao Anonymous Portugal, invadiram os sites do Banco de Portugal, Novo Banco e Ministério da Agricultura, tendo conseguido vários dados e tendo-os divulgado noPasteBin, programa de partilha de texto.

Hoje a notícia é actualizada, dando a conhecer que o grupo SlowGov09 expôs muitos mais dados e informações como contactos, email, etc, dados esses que haviam sido, primeiramente divulgados pelo grupo Outside The Law.

Sites atacados:

    • Direcção-Geral da Educação
    • Direcção-Geral de Saúde
    • Ministério do Ambiente
    • Direcção-Geral do Ensino Superior
    • Ministério da Defesa Nacional
    • Procuradoria-Geral da República
    • Direcção-Geral da Administração Interna
    • Direcção-Geral da Energia e Geologia, do PSD Europa
    • Governo Regional dos Açores
    • Junta Freguesia de Alfena
    • PSD Europa
    • Câmara Municipal de Coimbra e Portalegre
    • Entre outros…

23-08-2014-11-11-40

A equipa divulgou todos os dados na sua conta do Facebook e afirma que tem a intenção de “defender o povo e acabar com a corrupção“, indicando ainda que, apesar dos ataques não serem fáceis, conseguem ter acesso aos servidores corruptos.

Relativamente ao ataque do Ministério da Cultura, que demos a conhecer ontem, este foi feito pelo grupo OutsideTheLaw que divulgaram vários nomes, passwords, números de telefone, cargos e NIFs de colaboradores do Ministério.

Ao Tugaleaks, o grupo indica que este ataque teve “o intuito desta ataque foi mostrar que em pleno 2014 , o site está vulnerável a uma falha muito conhecida , e mesmo assim continuam vulneráveis a tal, e como o Ministério da Agricultura faz parte do governo, aproveitamos a falha no servidor web para nos infiltrar-mo-nos no servidor e roubar todos a informação presente”.

O grupo divulgou igualmente todas as informações na sua página do Facebook.

Contactado, o Ministério da Agricultura, informou que “não temos nenhum comentário a fazer sobre este assunto. Todos os sites que referiu estão e tem estado operacionais nos últimos dias“.

O que pensam destes novos ataques e exposição de dados?

Related Posts